Como plantar Coroa de Cristo: a suculenta exótica Euphorbia milii

coroa-de-cristo-euphorbia-milii-com-flores-vermelhas

Coroa de Cristo (Euphorbia milii) é uma planta suculenta exótica conhecida por suas flores de cores vibrantes e grandes espinhos ornamentais.

Origem da planta Coroa de Cristo

Nativa de Madagascar, a Coroa de Cristo se tornou conhecida em 1821, ano em que foi inserida no jardim botânico de Bordeaux na França.

Levada pelo então governador do território que hoje conhecemos como Ilha Reunião, porém, na época se chamava Ilha de Bourbon, o oficial da marinha francesa e posteriormente barão, Pierre Bernard Milius.

A Coroa de Cristo recebeu o nome de Euphorbia milii em homenagem à ele, em 1833.

O significado da Coroa de Cristo e seus nomes variam de acordo com o contexto cultural no qual a planta está inserida, para saber mais sobre o assunto consulte nosso artigo sobre os simbolismos da Euphorbia Milii.

Características da Coroa de Cristo

coroa-de-cristo-com-par-de-flores-em-close-up-uma-das-características-classicas-da-espécie-euphorbia-milii

A Coroa de Cristo é uma Planta perene que resiste bem à estiagens, como todas as suculentas.

Perfeita para ser cultivada em climas quentes e secos, como jardins que recebam muito sol ou estejam até mesmo expostos a maresia. 

Flores

A Coroa de Cristo é conhecida por suas pequenas flores de cores vivas que podem variar entre branca, rosa, amarela e vermelha, mas também podem ser rajadas ou manchadas em uma mistura linda de cores.

Folhas

coroa-de-cristo-com-flores-brancas-e-folhas-em-close-up

As folhas da Coroa de Cristo tem formato espatulado quase sem caule, que faz com que se desenvolvam bem próximas aos ramos e possuem textura fina e lisa.

As folhas costumam crescer em maior número nas pontas dos ramos.

Portanto, se a sua Coroa de Cristo só tem folhas nas pontas dos galhos, pode ficar tranquilo, isso é normal.

Espinhos

coroa-de-cristo-com-espinhos-e-folhas-em-destaque-e-apenas-um-par-de-flores-vermelhas

Os espinhos da Coroa de Cristo são um charme à parte, pois crescem em abundância por todos os ramos.

Seus espinhos podem atingir até 3cm de comprimento e variar de cor entre tons de marrom, verde, preto ou assumirem a cor predominante no caule da planta.

Uma mesma Euphorbia milii pode apresentar espinhos de cores diferentes ao longo da vida!

Isso acontece visto que, em plantas  mais velhas ou que recebem mais horas de sol diariamente os espinhos tendem a escurecer.

Planta tóxica

Coroa-de-cristo-crescendo-em-vaso-com-flores-rosadas

A Coroa de Cristo não é conhecida apenas por ser uma planta suculenta exótica, muito da sua fama deve-se a sua toxicidade.

O látex (líquido branco e viscoso) da Coroa de Cristo é cáustico e pode provocar danos à saúde humana e de animais que entrem em contato com ele.

Ao escolher essa espécie para ornamentar seu jardim ou área verde, tome todos os cuidados para evitar acidentes.

Como plantar Coroa de Cristo

plantas-coroa-de-cristo-em-jardim-ornamental-com-flores-verdes-brancas-e-amarelas

O local ideal para plantar a Euphorbia milii deve receber ao menos 4 horas de sol direto. 

As covas de plantio devem ter 15cm de profundidade para mudas de Coroa de Cristo.

Para plantas adultas a profundidade deve ser de 30 cm, já para sementes orifícios de 1cm bastam.

Tipo de solo e acidez

Solo aerado é o mais indicado para plantar a Euphorbia milii, ele deve ser leve e não reter água.

A Coroa de Cristo não sobrevive em solos encharcados ou excessivamente ácidos.

Para manter a acidez adequada ( pH entre 6,0 e 7,0)  a fertilidade do solo deve ser moderada.

Não adube demais e replante sua Euphorbia milii em média a cada dois anos, usando um novo substrato na cova de plantio.

Quando adubar

coroa-de-cristo-com-galho-repleto-de-espinhos-poucas-folhas-e-muitas-flores-rosadas-na-extremidade

A Coroa de Cristo deve ser adubada duas vezes ao ano, no começo da primavera e no começo do verão, é uma planta que não necessita de grandes adubações.

Em solos com poucos nutrientes pode ser necessário adubar mais vezes e com adubos orgânicos para que a qualidade do solo melhore gradativamente.

Como adubar

coroa-de-cristo-com-um-buquê-de-flores-brancas-na-ponta-de-um-ramo-espinhoso

Adube a Euphorbia milii com adubos orgânicos como, húmus de minhoca, esterco de ave e bovino, material de compostagem, farinha de ossos, casca de ovos, etc...

Adubos químicos como o NPK 10-10-10 para a nutrição, o NPK 4-14-8 para florescimento e adubos específicos para cactos e suculentas, podem ser utilizados para adubar a Coroa de Cristo.

Desde que, não sejam aplicados próximos as raízes ou a base da planta, seja respeitada a quantidade recomendada pelo fabricante e o período entre uma aplicação e outra seja generoso.

Adubo e melhoramento do solo

Experimente intercalar o uso de adubos orgânicos e inorgânicos, é bom para manter a Coroa de Cristo nutrida e favorecer a qualidade do solo.

Como regar

coroa-de-cristo-florida-com-flores-vermelhas

A Coroa de Cristo não necessita de regas frequentes, é uma planta suculenta e apesar da aparência exótica ela armazena água em suas folhas e caules.

Para saber o momento certo de regar, pressione o solo com os dedos, se a terra não grudar, regue, se grudar mesmo um pouquinho, aguarde mais alguns dias.

Quando Podar

coroa-de-cristo-com-flores-brancas-e-rosadas

A Coroa de Cristo deve ser podada no final do inverno, para garantir floração e crescimento nos messes mais quentes do ano.

A poda pode ser feita para manter a planta bonita e bem formada,  remover galhos longos demais ou aqueles que estão crescendo em direção ao caule central.

Como podar a Coroa de Cristo

coroa-de-cristo-com-flores-rajadas-de-branco-e-rosa-e-pequenas-formigas-andando-sobre-elas

Use ferramentas adequadas, bem conservadas e próprias para poda de ramos semilenhosos para que os cortes sejam limpos.

Faça os cortes na diagonal e após a poda aplique fungicida em cada corte para prevenir a proliferação de doenças.

Não esqueça de usar luvas e óculos de proteção, a Coroa de Cristo é tóxica.

Em caso de dúvida sobre a ferramenta ideal, consulte nosso guia completo sobre ferramentas para jardinagem.

Como fazer o transplante da Euphorbia milii

Para transplantar a coroa de Cristo a cova de plantio deve ser proporcional ao tamanho das raízes.

Evite danificar as raízes, tente manter todo o torrão e siga os procedimentos mencionados acima sobre como plantar.

Plantando Coroa de Cristo em vaso

coroa-de-cristo-crescendo-em-vaso-em-fase-de-floração-com-flores-vermelhas-rajadas-de-branco

O vaso ideal para plantar a Euphorbia milii deve ser preferencialmente de:

  • Cerâmica 
  • Fibra natural
  • Cimento

A escolha do tamanho do vaso deve ser feita de acordo com o estagio de desenvolvimento da planta.

As raízes da Coroa de Cristo devem caber no vaso sem ficar espremidas ou tocar as paredes laterais do vaso. 

Dessa forma a planta terá espaço suficiente para o crescimento do seu sistema radicular e se desenvolverá melhor.

Faça orifícios de drenagem para que a água da rega não fique acumulada, e sempre que notar que as raízes estão saindo pelos furos, transplante sua Coroa de Cristo para um vaso maior.

O passo à passo para o plantio de Euphorbia milii no chão que vimos acima, se aplica ao cultivo em vaso.

A Euphorbia milii é uma planta exótica que vai ficar linda no seu jardim ou coleção de suculentas, não é suscetível a pragas e ainda afugenta os caramujos e lesmas. 

Pode ser cultivada como planta de pé de muro, cerca viva ou em vasos.

Conheça agora mesmo o significado da Coroa de Cristo essa suculenta exótica cheia de simbologias e de outras flores lindas também!








O que você achou deste artigo?

Postagem Anterior Próxima Postagem